Brasil

As melhores universidades do Rio de Janeiro

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é uma universidade pública do Estado do Rio de Janeiro. A UFRJ é a maior Universidade federal do país e é um dos centros brasileiros de excelência em ensino e pesquisa. Em termos de produção científica, artística e cultural é reconhecida nacional e internacionalmente devido aos grandes professores, pesquisadores, revisões e avaliações feitas por agências internacionais e fica ao lado da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Ambas, UFPR e inscrições UERJ 2021 são as instituições de ensino com maior volume da candidatos no Estado.

Em 2013, a QS World University Rankings classificou a UFRJ como a melhor Universidade federal Brasileira, bem como a terceira melhor Universidade do país ocupando a oitava posição entre as instituições da América Latina. Em 2013, o Ranking Universitário Folha (RUF) classificou a UFRJ como a segunda melhor Universidade do Brasil e a melhor Universidade Federal do país. Você pode conferir o calendário de inscrição de cada uma delas para não perder a oportunidade de tentar uma chance no segundo grau para as melhores universidades do Rio.

Confira as melhores avaliadas no Ranking de 2019:

Comparação da UFRJ com outras universiddes do Brasil e América Latina

Em comparação com outros países da América Latina, O Brasil não tem apenas um número respeitável de universidades, mas eles também estão mais bem equipados do que outros países. Na década de 1960, lançou um grande programa para premiar graduados.

O sistema universitário é composto por instituições públicas (federais ou estaduais), Católicas e privadas. A estrutura compreende universidades, faculdades e instituições isoladas. O objetivo do ensino superior no Brasil é implementar o ensino, a pesquisa e a extensão, embora a pesquisa seja feita principalmente em Instituições Federais. As universidades também oferecem cursos de curta duração em muitas disciplinas diferentes, ao serviço da população universitária e da comunidade. O ensino superior privado aumentou excessivamente nos últimos 20 anos, criando 300.000 novas vagas para estudantes. Como resultado, houve uma diminuição da qualidade nestas instituições, especialmente porque são orientadas para o lucro.

 

O panorama das universidades no Brasil

Existem 127 universidades no Brasil, 68 das quais são públicas. Dos 894 estabelecimentos de ensino superior, 222 são públicos. Ensino superior carreiras são integrados em blocos (critérios utilizados pela CAPES) da seguinte maneira: Ciências Biológicas e Saúde (Ciências Biológicas e de Saúde), Ciências Exatas da Terra (Ciências Exatas), Ciências Humanas e Sociais (Ciências Humanas e Sociais), Ciências Sociais Aplicadas (Ciências Sociais Aplicadas), e Engenharias e Tecnologias (Engenharia e Tecnologias).

Em 1997, havia 1.945.000 estudantes matriculados no ensino superior; em 2000 este número aumentou para 2.125.958. As mulheres representam 55% do número total. Estima-se que 3 milhões de estudantes estarão matriculados no ano 2002. Uma vez matriculado, 64,2 por cento dos alunos que iniciam um curso no ensino superior se graduaram. A maioria destes estudantes estuda em instituições privadas, sua idade média é de 25 anos, e 53 por cento dos estudantes têm 24 anos quando iniciam seus estudos de pós-graduação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *